Na Porto Seguro, plataforma robusta dá agilidade e segurança ao planejamento e à simulação financeira.

Tecnologias evoluem, as necessidades dos clientes também. O volume de dados aumenta, as regras de negócio mudam, é preciso mais segurança e plataformas mais robustas. É natural, portanto, que a CTI faça o trabalho de migrar de uma plataforma à outra, como aconteceu com a Porto Seguros, que saiu do Cognus Planning para o Cognus TM1, da IBM, carregando toda a tarefa de planejamento e simulação financeira para outro patamar.

Mas, no caso da Porto Seguro, a CTI aproveitou a oportunidade para revisar toda a modelagem dos dados, estudando a projeção de receitas, de prêmios, benefícios, salários, encargos etc para conferir todos os cálculos.

O upgrade de plataforma foi o momento oportuno para revisar todos os cálculos envolvidos no planejamento orçamentário.

O Planejamento Orçamentário, na Porto Seguro, é algo complexo: envolve cerca de 20 empresas e diferentes produtos como os seguros de auto, residência e vida, além dos cartões de crédito. São cinco meses para fechar todo o processo. Por isso, facilitar ao máximo esse trabalho é fundamental. A CTI teve que correr contra o tempo para implementar a nova plataforma sem comprometer o calendário da Porto, um desafio daqueles. Dois funcionários da Porto acompanharam o desenvolvimento e, ao final, tinham domínio completo do sistema, com o conhecimento transferido.

A migração para o TM1 foi apenas a primeira fase. Seguiu-se a ela um novo contrato, de suporte, para acompanhar o dia-a-dia e socorrer em eventuais emergências. Depois, um novo contrato para novas melhorias e para a entrada, no sistema, da Itaú Seguros. Agora, uma terceira fase está em andamento, numa parceria que já dura 2,5 anos. “É ótimo trabalhar com um cliente que confia no nosso trabalho, que entende que estamos juntos mostrando boas práticas do mercado e que faz questão do repasse do know how, capacitando sua equipe”, diz Felipy Morais Chica, sócio da CTI.

Parceria de anos demonstra a confiança e os bons resultados.

A CTI desenhou, desenvolveu e implantou uma solução criada sob medida, levando em conta as características específicas da Centauro e as formas de remuneração do varejo. Foi utilizada a plataforma Cognos Planning TM1, da IBM, e a CTI incluiu na receita, também, as melhores práticas já implantadas pela sua equipe em outras empresas. Para reduzir investimentos em tecnologia, optou-se por pela solução em nuvem. Ao final, todo o conhecimento foi transferido para a equipe da Centauro, que hoje roda sozinha a solução, buscando eficiência operacional, otimização e controle de custos.

“A possibilidade de simulações em questão de minutos vai acelerar os processos de tomada de decisão da Centauro em tempos desafiadores como o atual”, diz Francisco Loschiavo, sócio-diretor da CTI Global. “E, para nossa equipe, essa é mais uma missão cumprida.”

Soluções desenvolvidas: Planejamento e Simulação Financeira.
Plataformas usadas: IBM Cognos Planning TM1®.

SHARE

Leave a reply