Nossos Profissionais

A CTI conta com uma equipe de mais de 30 consultores com diversas especializações técnicas e de negócios.

Conheça um pouco mais dos nossos 6 sócios que lideram esta turma toda em campo nos projetos. 

Francisco Loschiavo Neto

“Meu diploma é de engenheiro eletrônico, mas sempre atuei como consultor no desenvolvimento de sistemas financeiros. Com meus sócios, fundei a CTI e atuo principalmente em projetos relacionados a planejamento e simulação financeira. Também lidero os projetos de gestão estratégica.

Acho que contribuí muito para a cultura da empresa, exijo foco nas necessidades dos CFOs, alta qualidade nas soluções desenvolvidas e prezo pelo ambiente de colaboração e aprendizado de todos.

Vivi momentos desafiadores na CTI. Foi muito interessante desenvolver desde soluções em Planilhas Visicalc de 256 linhas por 16 colunas até sistemas OLAP In Memory de vários Terabytes. Ok, tudo isso é coisa da Idade da Pedra. Mais interessante é o que vem pela frente, o futuro, porque a tecnologia não para. Além dos tecnológicos, aceito também desafios nas pistas: correr de Kart é uma de minhas paixões”. 

Renato Picanço

Tive dias de aventura na CTI, quando abrimos as portas e éramos um enorme grupo de três consultores – daí meu orgulho de ter construído uma empresa com uma equipe vencedora. Orgulho também de ser o profissional com o maior número de implantações de modelos de planejamento e simulações financeiras da América Latina. Graduado em Administração, com cursos de especialização no Brasil e Exterior, grande parte do meu conhecimento veio mesmo da prática,  com a vivência de centenas de projetos e inúmeras soluções entregues aos clientes. Para compensar as pressões diárias, adotei o mergulho, os passeios de moto e mais recentemente a Maratona, vício que adotei e transferi para o meu time, criando a equipe de corrida da CTI. Hoje somos mais de 20 corredores. Sou fã de rock’n’roll desde pequeno, quando ouvia os discos de Elvis Presley que minha mãe colocava pra rodar, e aprendi a tocar guitarra. Viajar o mundo para assistir a um grande show de blues ou de rock é comigo mesmo.

Miguel Marcos Cipolla

"Nasci em Buenos Aires e nem adianta me contar piada de argentino, sei todas. Entrei para a CTI como consultor e, dois anos depois, em 2006, tornei-me sócio.

Sou persistente, gosto de gerar negócios e me envolvo da venda à implementação dos projetos. Performance financeira, planejamento orçamentário ou estratégico e Business Intelligence são algumas das áreas que domino.

O diploma de Administração, com ênfase em Comércio Exterior, e a pós-graduação em Gestão de Negócios e Tecnologia me ajudaram a chegar onde estou. 

Gosto de temas científicos e cheguei a cursar Física, mas abandonei para me dedicar aos negócios. Nos finais de semana, divido meu tempo entre a família, incluindo netos, e longas caminhadas de 20km – ou mais."

André Luiz Nascimento Santos

"Na CTI, dizem que sou responsável pela Imensa BH. Explica-se: sou mineiro, de Belo Horizonte, moro no Espírito Santo e cruzo o Brasil, cuidando dos clientes do Norte, Nordeste e boa parte do Sudeste.

Sou sócio da CTI desde 2013, formado em Administração, com pós em Redes de Computadores e Análise de Sistemas. Atuo nas áreas de gestão financeira, planejamento orçamentário, modelos de simulação financeira e BI, entre outras.

Tenho uma vertente acadêmica, ministrei aulas em cursos de Administração. Sinto uma ponta de orgulho por ser um dos profissionais com maior tempo de experiência em Cognos TM1 no Brasil, desde 1998. Meu diploma de Educação Física está na gaveta, mas gosto de correr e estou no CTI Running Team. E claro, como todo bom mineiro, sou fã de moqueca capixaba!"

Felipy Morais Chica

"Quer desafio maior do que ser convidado para sócio da CTI aos 28 anos? Aconteceu comigo, em 2012. Na época, já tinha muitas responsabilidades, mas não esperava o reconhecimento com tão pouca idade e somente 4 anos de casa. Ao longo do tempo, descobri que gosto de acompanhar o crescimento dos profissionais da CTI e de orientá-los tanto na parte técnica quanto na de negócios.

Meu perfil é mais técnico, isso me possibilita explorar as possibilidades das ferramentas, buscando sempre formas melhores de trabalhar e soluções mais inteligentes aos nossos clientes. Sou formado em Sistemas de Informação com pós em Administração de Empresas. 

Curto tocar bateria, assistir a filmes e jogar videogame. Futebol, surf e academia fizeram parte da minha vida, mas agora ando preguiçoso para os esportes. Ok, lá vai a resolução de ano novo, válida para qualquer mês: logo logo vou começar a correr com a turma do CTI Running Team!"

Ricardo Xavier Couto

"Foi praticamente ontem, em 2015, que me tornei sócio da CTI. Mas confesso que já sou velhinho – lá se vão 17 anos – quando o assunto é experiência na plataforma Cognos TM1, com a qual desenvolvo projetos.

Na CTI, atuo em gestão da performance financeira, planejamento orçamentário, BI e informações estratégicas. Minha formação é em Processamento de Dados e Administração e pós em Administração com ênfase em Inteligência de Negócios (BI).

Acumulo carreira paralela como professor de Banco de Dados e Business Intelligence em cursos superiores e também formação de DBA´s.

Como meu pai, sou fã de futebol e do São Paulo, uma paixão que pretendo dividir com meu filho. Sou adepto do aquarismo, das artes marciais, mergulho, camping e pesca. E todas essas coisas acompanhadas de churrasco, de preferência com vários amigos, porque ninguém é de ferro!"

Donald Neumann

“A CTI cruzou minha vida como empresa fornecedora, quando eu liderava a área de Gestão de Demanda do Boticário. Do trabalho conjunto ao convite para integrar a sociedade, numa nova unidade de negócio focada em data science, foi só questão de tempo.

Data science, tecnologia e negócio são paixões que me incentivaram a estudar muito, desde as graduações em eng. de computação e administração. Segui com um  mestrado em inteligência artificial e um doutorado em administração e gestão da cadeia de suprimentos em Stuttgart, na Alemanha. Fui professor Federal do Paraná por muitos anos e sempre que posso estou imerso no meio acadêmico.

Desenvolver conhecimento é o que me move, gosto de resolver problemas difíceis, de ser desafiado e de sentir que estou em constante aprendizado. Sobra tempo para escrever artigos e ser blogueiro – de gestão e tecnologia, claro (confira aqui). E para uma cerveja artesanal. Afinal, o raciocínio funciona melhor quando o cérebro está bem irrigado!”

Kelly Lima

“A CTI é uma extensão de minha casa, uma família que me acolheu e que agora retribuo, acolhendo quem chega. Dizem que sou um ponto de equilíbrio da empresa, aquele pilar que está sempre de bom humor e alto astral, no qual os demais se apoiam. Pode ser, já que adoro festa, gente e música. Se for por mim, qualquer festa tem dança!

Minha formação é em Administração de Empresas, com curso de Gestão de Negócios e um passado que me fez desenvolver um perfil vendedor. O marketing, o suporte e as renovações de software são – oficialmente – as minhas responsabilidades na CTI, mas muitos abacaxis acabam comigo para descascar. Normal, sei que confiam em mim e que dou conta. Sou taurina e encaro o que vier pela frente. Com um sorriso, sempre.”